RENA(SER)

“Coragem! Sou eu. Não tenhais medo” (Mc 6,50).

Coragem. Coragem para seguir em frente. Para não olhar para trás. Ou para olhar, se precisar. Coragem para desafiar. Para questionar. Para duvidar. Para falar. Para mudar o rumo. Para sair do prumo. Coragem para ter audácia. Para ter ambição. Para ter razão. Para enfrentar. Para brigar. Para abdicar. Para ter paz.  Coragem para ter coragem.

Não tenha medo. Não sinta pena de si mesmo. Não esqueça de quem você é. Do que você é feito, de onde você veio. Não esqueça do que te trouxe até aqui. Da sua caminhada. Da sua história. Das suas derrotas. Das suas vitórias. Não tenha medo de lutar. De perder. De ganhar. De ser de verdade. De amar. De se entristecer. De querer. De não querer. De dizer sim. De dizer não. De pedir perdão. De pedir ajuda. De alcançar o céu. De perder o chão.

Renasça. Amadureça. Se revigore. Reflita. Se apoie. Se encare. Se deixe. Se permita. Seja. Viva. Não deixe para ser amanhã o que pode ser hoje.  Não espere alguém perguntar por aquilo que você já sabe a resposta. Não deixe para trás aquilo que te importa. Não esqueça de amar quem te ama de volta. Não perca oportunidades. Seja bom. Seja gentil. Seja valente. Coerente. Reclame, mas busque uma solução. Não seja fanfarrão. Seja doce, leve. Tenha pureza nas suas brincadeiras. Não se iluda, mas não deixe de acreditar. Seja ingênuo, mas não seja burro. Busque a felicidade. A sua – com (as suas) verdades. Saiba quem você é. Nunca permita suposições. Não perca sua essência, sua crença. Não perca seu passo, sua dança.

Renasça. Faça o exercício diário, a lição de casa. Dê o seu melhor. Se esforce. Tente até onde não puder mais. Não espere que os anos passem. Não se arrependa. Aprenda. Não espere perder para reconhecer. Não espere ver para crer. Tenha fé – a sua, independentemente do seu Deus.

Se entregue. Aqui, você pode. Aqui você é. Aqui você faz. Você não tem asas, mas, acredite, você pode voar. 

Leia Mais "RENA(SER)"

É preciso ter coragem para amar em tempos de amor líquido

É preciso ter coragem para amar em tempos de amor líquido. Coragem para se entregar a uma pessoa só com tanta gente disponível. Com tanta facilidade e tecnologia. Coragem para confiar no meio de tanta mentira. Coragem para dedicar tempo, quando vivemos correndo contra o relógio. Coragem para aproveitarmos a vida, quando abdicamos dela para construirmos impérios. Coragem para conversas longas, quando resolvemos tudo por mensagens de texto. Coragem para viver o agora, quando já estamos vivendo o futuro. Coragem para sonhar, quando os sonhos já viraram metas. Coragem para ser louco em uma era em que é preciso ser judicioso. Coragem para ter paciência, quando não queremos perder tempo. Coragem para ouvir em tempos em que cada segundo vale dinheiro. Coragem para se calar, quando queremos ir às ruas gritar.

Coragem para fazer escolhas e não querer o mundo abraçar. Coragem para dividir em tempos em que ser feliz é sinônimo de egoísmo. Coragem para construir na era da desconstrução. Coragem para acreditar e não parecer bobo. Coragem para sorrir sem tirar a mão do bolso. Coragem para viver sem precisar mostrar ou provar para o outro. Coragem para se encantar com um comentário que não seja culto. Coragem para errar sem fraquejar. Coragem para mostrar afeição sem que isso pareça carência. Coragem para chorar sem parecer frágil. Coragem para acreditar sem parecer ingênuo. Coragem para questionar sem que isso pareça cobrança. Coragem para andar de mãos dadas sem necessidade de aliança. Coragem para sentir ciúme sem soar insegurança. Coragem para ter cuidado sem parecer criança. Coragem para se achar sem precisar se perder. Coragem para ser intenso na moda do desapego.  Coragem para se prender no abraço sem suplicar por liberdade. Coragem para sentir saudade sem parecer desespero.

É preciso mesmo muita coragem para viver um amor sólido, um amor louco. A gente quer ser demais, sendo de menos. Quer ser mais a gente, menos o outro. Será que vale a pena? Eu ainda prefiro amar, amar muito, de corpo e alma, dos pés à cabeça, de dentro pra fora, de fora pra dentro,  e ter borboletas no estômago a ter o zoológico inteiro. Porque no fim das contas, é só você contra você mesmo. E não tem nada melhor do que ter alguém para lutar e torcer por você na arquibancada da vida. Viver sozinho, para mim, não faz sentido.

Leia Mais "É preciso ter coragem para amar em tempos de amor líquido"

Tem que ser com você

É tanta coisa que ainda tem pra fazer. É tanta coisa, que eu nem sei. Faltam horas nos dias. Faltam dias nas semanas, nos meses, nos anos. Falta tempo como um todo.  É tanta coisa que eu às vezes nem sei o que fazer primeiro, ao que me dedicar. Mas uma coisa eu sei: tem […]

Leia Mais "Tem que ser com você"

Me impressiona

Me impressiona com o seu caráter, com o seu carinho, com a sua inteligência. Com a sua essência. Me impressiona com a sua educação, com o jeito de chamar o garçom. Me impressiona com gentilezas. Com atos de nobreza. Me impressiona com um jantar feito por você e não por um que você nem sequer […]

Leia Mais "Me impressiona"

Valeu a pena

Não vamos dizer que não valeu a pena, porque valeu. Valeu cada dia, cada minuto, cada segundo. Tivemos guerras, mas tivemos luta. Choramos, mas fomos capazes de transformar lágrimas em sorrisos. Corremos (muito), mas alcançamos a linha de chegada. Caímos, mas levantamos. Fomos derrotados, mas unimos forças. Perdemos entes queridos, amores e amigos, mas ficaram […]

Leia Mais "Valeu a pena"

É só você ficar

Fica. Fica um pouco mais. Fica para o café. Para o jantar. Fica até amanhã, e depois de amanhã, e até a semana que vem. E para sempre. Fica para as manhãs preguiçosas de sábado. Para os domingos de Fantástico. Para as noites chuvosas de verão. Para o frio de julho para tomarmos sopa no […]

Leia Mais "É só você ficar"

Pela metade não, né?

Eu não entendo essa gente que vive sem viver. Que teme. Que não se atreve, que não dá a cara a bater. Essa gente que não sente, que não se entrega, que não é feliz por ser, que está com a bunda na cadeira assistindo as coisas acontecerem. O nome já diz: VIDA – propriedade […]

Leia Mais "Pela metade não, né?"

Onde quer que você esteja

Oi, eu não sei onde você está. O que está fazendo, se estão cuidando bem de você por aí. Só sei que, por mais que não seja justo dizer, eu estou com saudades. Com muitas saudades. Hoje eu senti tanto a sua falta que meu peito chegou a doer. Achei que fosse morrer. Egoísmo meu, […]

Leia Mais "Onde quer que você esteja"

Amor não sai de moda

Todo mundo quer encontrar um amor. Nem que seja meio torto, meio vesgo, meio sem jeito. Todo mundo busca por sua metade da laranja, seu par perdido do sapato, tampa da panela, alma gêmea. Há ainda a busca por carinho e companheirismo, por um ombro amigo, por um filme à noite mais quentinho. É que falar […]

Leia Mais "Amor não sai de moda"

Em 2015, eu só quero paz

Pensei muito sobre como começar este texto e sobre como traduzir meus desejos e anseios para 2015 e agradecimentos de 2014. No fim, eu só cheguei a conclusão de que o que eu mais quero, não só para o novo ano que chega, mas para todos os dias da minha vida, é paz, além de ser grata por tudo o que Deus me deu. Nada mais. Eu já tenho tudo. Tenho saúde, família, amigos, carreira, sou rodeada de amor e cativo as pessoas e, mais amor, por onde passo . Do que mais eu preciso para ser feliz? Eu só quero paz, mesmo. Quero que meu coração continue pulsando com pureza e que as melhores energias se concentrem sobre o que eu faço e ainda vou fazer e conquistar. Eu só quero coisa boa, gente do bem ao meu lado, harmonia e muita, mas muita paz.  Não quero tormentas, pensamentos negativos ou qualquer tipo tristeza. Se isso me alcançar, quero estar em paz para superar. Quero transbordar e transmitir tranquilidade, alegria e só.

Não quero me impedir de viver qualquer desavença da vida. Não quero pedir a Deus, que não tem culpa de nada e só é demandado, coitado, ou a 2015, que mal chegou e já está sendo cobrado por muita gente, que me tragam um cara lindo de morrer e um grande amor, um salário de cinco mil dígitos, uma viagem ao Taití ou qualquer outro pedido clichê ou material que vejo gente pedindo por aí. Quero, apenas, que eles me permitam continuar a viver minha vida em equilíbrio. Quero poder chorar, seja de alegria ou de tristeza, certa de que meu coração está pulsando.

Quero retribuir à fofoca, à inveja, ao ciúme, ao mau olhado, à insatisfação, às mágoas e ao rancor com 1.001 sorrisos. Quero a certeza de um amor pacífico, sem competição, brigas ou mentiras. Quero calma. Quero um dia a dia sereno, até mesmo no trânsito infernal de São Paulo. Quero poder ouvir minha música brega no último volume e me sentir feliz. Quero paciência, tolerância e justiça. Como já dizia Gonzaquinha, quero viver com a pureza das respostas das crianças e acreditar que a vida “é bonita, é bonita e é bonita”.

Leia Mais "Em 2015, eu só quero paz"

Amo a sua essência, não a sua casca

Não são seus cachos, que caem perfeitamente sobre a sua testa e o modo como, levantando  a cabeça, você faz com que eles cedam perfeitamente e iluminem ainda mais o azul dos seus olhos e o seu sorriso, que me encantam em você. E, definitivamente, também não é o seu beijo de tirar o fôlego, acompanhado dos seus lábios carnudos deslizando sobre o meu queixo que me hipnotizam totalmente. Também não é a sua barba rala que cheira perfume e me faz cosquinhas na barriga de vez em quando que me deixam mais apaixonada. Nem são seus braços musculosos que me abraçam forte. Nada disso. Esses apertos que quase quebram minhas costelas não me asfixiam de paixão. Não mesmo.

O que me faz te desejar ao meu lado no sofá, na cama, em uma mesa de bar, ou em qualquer lugar, é a forma como você, assim que me vê, antes mesmo de beijar, faz um elogio sobre o meu cabelo ou sobre meu vestido.É o modo como você faz carinho na minha perna de forma bem sutil enquanto dirige, sem malícia alguma. É o olhar que você me dá quando, parado no semáforo, tenta me roubar um beijo. É a ligação de madrugada clamando saudade, cinco minutos após me deixar em casa. São os beijos no canto do olho, na bochecha e nas mãos quando você está pedindo carinho igual a um cãozinho manhoso. É como você conduz uma conversa na frente dos meus amigos e os faz rir sem qualquer esforço. É o seu sorriso que vem sozinho, acompanhado de qualquer comentário bobo. São as suas interpretações sobre os meus textos, que fazem com que eu me sinta a mulher mais inteligente e interessante do universo e, principalmente, seu interesse sobre tudo o que eu faço. É o seu dom de ler meus pensamentos quando as coisas não estão bem e as suas propostas e soluções mágicas para as coisas melhorarem. É a paciência que você tem comigo sobre tudo, em especial, em assistir comédias românticas, sem nem mesmo reclamar. É, até mesmo, o modo como você fala com o garçom e pede a minha água com gás, já sabendo que eu vou querer uma para começar o jantar.  É o seu jeitinho de brincar com as crianças e falar com a sua mãe ao telefone. E, mais ainda, é me deixar dormir com o melhor travesseiro para evitar que eu acorde com dor no pescoço.

O meu sentimento não está alocado no que você é, mas em quem você é. Está na segurança que eu sinto, sem medo. Está no carinho que você demonstra em cada gesto. Está na pessoa que você me permite ser quando eu estou ao seu lado e na crença que você tem em mim para que eu me torne melhor dia após dia.  Está na sua essência, não na sua casca, que faz meu coração pulsar fora do peito e o frio da minha barriga congelar o mundo inteiro.

Leia Mais "Amo a sua essência, não a sua casca"

Timing, o bem necessário

Às vezes a gente se questiona se ele vai chegar, – o amor. E aí a gente se pergunta se ele já não chegou e a gente deixou passar batido. Se a gente deveria ter se esforçado mais. Se deveríamos ter deixado entrar nas nossas vidas aquelas pessoas para as quais a gente fechou a […]

Leia Mais "Timing, o bem necessário"

Namore

Namore com a alma, com calma e com garra. Namore com certeza, nobreza e clareza. Namore com vontade e desejo. Namore com emoção, sentimento e tesão. Namore na saúde e na doença. Na riqueza e na pobreza. Na alegria e na tristeza, por mais clichê que pareça. Namore a amizade, o carinho, o laço. O […]

Leia Mais "Namore"

O que eu espero de você

Não faça promessas. Eu já me cansei delas. Sua intenção pode ser boa, mas pode ser que você não consiga cumpri-las. Faça, aja, realize, surpreenda. Isso vale mais que mil palavras. Também não queira agradar. Seja exatamente quem você é desde o primeiro dia. Eu posso  me assustar quando descobrir seu verdadeiro “eu”. Seja gentil, não […]

Leia Mais "O que eu espero de você"